Lifestyle

Restaurante Flores do Bairro

kllau.com Restaurante Flores do Bairro

Viver numa cidade como Lisboa, tem sem dúvidas as suas imensas maravilhas. O facto de entrarmos no metro e perdermos-nos pela cidade, com o desejo de sermos alimentados pelo nosso espírito aventureiro é de um valor imensurável… Desta vez nos perdemos dentro do Bairro Alto Hotel, mais propriamente no Restaurante Flores do Bairro.

Estava ansiosa, como sempre, estas pequenas aventuras são sempre emocionantes… Com a emoção vem muita ânsia, porque descobrir Lisboa tem sido um verdadeiro privilégio. Neste dia, iria conhecer um pouco mais de cultura gastronómica pelas mãos do Chef Bruno Rocha, que sem dúvidas me deixou com um certo frenesim na barriga. Sem brincadeiras, alguma de vocês já se sentiu assim?

Durante a nossa experiência no Restaurante Flores do Bairro, estivemos sempre acompanhados por Seth Reimer, que nos foi apresentando ao detalhe todos os pratos e claro, dar-nos a conhecer um pouco mais sobre o restaurante que é um dos grandes marcos lisboetas e um hotspot da cidade.

Kllau_Floresdobairro_1

Kllau_Floresdobairro_2

O Restaurante Flores do Bairro…

O Flores do Bairro é maravilhoso e deveras encantador. É tão aconchegante que quando nos sentamos à mesa, nem sentimos a pressão de estarmos num sítio tão requintado, e nos faz sentir num ambiente muito familiar e intimista. E o serviço à mesa é tão cuidadoso, tão atencioso e sem excessos, que realmente nos deixa bastante relaxados.

Quanto à decoração, adoro o facto do ‘velho’ ir de encontro com o ‘novo’, e isso é bastante notório em todo o Bairro Alto Hotel bem como no Restaurante. A decoração é super leve e fresca com detalhes que nos remontam para as década de 40 e 50, com peças de cores fortes como o verde, o azul e o amarelo. Além disso é de realçar o uso de padrões, tanto nas almofadas como nos azulejos e a forte presença de vegetação decorativa. Os tons neutros também se ligam perfeitamente com as cores mais ousadas, que dá uma certa ambiguidade ao espaço e quase o torna poético. Pessoalmente, eu A-DO-RO!!

Kllau_Floresdobairro_13

Couvert…

Kllau_Floresdobairro_3

Kllau_Floresdobairro_4

Para picar…

Kllau_Floresdobairro_5

Ceviche de corvina com coentros e coco

Por mais que por vezes me apresente com uma pessoa do mundo, também me acho um pouco ‘pão pão queijo queijo’. (risos) Gosto de comidas muito temperadas e com sabores fortes e o ceviche é bastante delicado para mim… O sabor é muito leve e suave, o que não condiz muito com as minhas apreciações. Também não sou muito fã de peixe, e se calhar foi por isso que não fiquei tão rendida. Já as batatas estavam uma delícia. Como eu adoro batata doce!

Ao contrário de mim, o Pedro deliciou-se. E também ao contrário de mim, ele é do time peixe. (risos)

Kllau_Floresdobairro_6

Tira de novilho maturado, sake e kimchy

As tiras de novilho estavam suavemente temperadas e sem dúvida que o molho foi uma perfeita adição. Sou amante declarada de carne e fiquei muito satisfeita por ter experimentado.

Kllau_Floresdobairro_7

Croquetes de pato com chutney de manga verde

Os croquetes foram uma grande surpresa! Sou grande admiradora de salgados, quem não sabe? Só vos posso dizer que quando provei, percebi o porquê de ter sido colocada neste mundo. (risos) Os croquetes são delicados, suculentos, muito equilibrados em termos de sabor e quando o juntamos ao chutney de manga, é uma autêntica explosão. A mistura perfeita!! Quiçá, a mais perfeita de todas as misturas. E só para verem quão bons são os croquetes, muitas pessoas se dirigem ao Flores do Bairro só para se deliciarem mais uma vez…

Prato principal…

Kllau_Floresdobairro_9

Leitão assado com pimenta preta e laranja

Os croquetes despertaram-me o paladar só para abrir espaço para o leitão assado. Como já tinha mencionado, sou do time carne e não poderia ter escolhido outra coisa. O agridoce que altera os sentidos é excepcional, tornando a experiência muito mais interessante e divertida. Quer-se o leitão e a laranja juntos, como se fossem da mesma família. A carne estava altamente temperada e com um sabor bem forte, tal como eu gosto. A laranja docinha, quebrava um pouco a acidez do leitão. Mais uma vez, a mistura perfeita.

Kllau_Floresdobairro_10

Tártaro de novilho

Sobre o tártaro de novilho pouco posso falar porque não o provei, mas posso dizer que tinha um ar bem delicioso. Reparei que o Seth comia com imenso prazer pelo que com certeza está aprovadíssimo. Para quem não sabe, o Tartare é um prato de peixe ou carne crua picada e temperada com vários condimentos, servida com uma gema crua como podem conferir na imagem.

Kllau_Floresdobairro_8

Bacalhau “à Brás”

Todos os pratos são visualmente atrativos no Flores do Bairro, mas vamos concordar que o bacalhau à brás parece uma obra de arte! (risos) É uma interpretação tão criativa do tradicional bacalhau à brás que não conseguimos parar de olhar. O Pedro deliciou-se com este suculento prato tradicional português. Quando os elementos do prato eram conjugados, tinham um sabor suavemente crocantes. A intenção de Bruno Rocha é de levar-nos a uma viagem, e que viagem! A pior parte sem dúvida, é destruir a obra de arte, porque para o podermos apreciar na íntegra, temos que misturar todos os elementos.

Sobremesa…

Kllau_Floresdobairro_11

Biscoito de mel, frutos silvestres e flores, Sericaia com gelado de ameixas d’Elvas, Crumble de maçã com passas e nozes e gelado de baunilha

Quando falamos em sobremesa o meu coração não pula. Não sei porquê, talvez porque em Angola não temos essa cultura… Mas quando chegou esta tábua admito que o coração saltitou um pouquinho. (risos) Amo gelados, amo frutos frescos, amo cor e amo vida, e estas sobremesas tinham tudo. Algo curioso é que nunca tinha visto um favo de mel antes, e olha que perfeitinhos que eles são… Brilham que nem ouro. Estava tudo delicioso e foi o um encerrar maravilhoso a esta experiência.
Kllau_Floresdobairro_14

Acompanhada por Seth Reimer

Kllau_Floresdobairro_15

São 3 anos de existência, e três anos a despertar o paladar de quem por lá passa. Sugiro fortemente que visitem o Restaurante Flores do Bairro, que situa-se no piso térreo do Bairro Alto Hotel, mesmo no coração da cidade de Lisboa, na Praça Luis de Camões e com vista para a Rua das Flores. De certeza absoluta que terminarão o vosso serão tão maravilhados quanto nós.

Tomem nota que o Restaurante está aberto para Almoço das 13h00 às 15h00 e para Jantar, das 19h30 às 23h00. Sem esquecer que para além do Restaurante Flores do Bairro, o Hotel dispõe ainda do Café-Bar Bairro Alto também muito trendy, e o badalado Terraço Bairro Alto, onde podem desfrutar de refeições ligeiras.

Mais uma vez queremos agradecer à equipa do Hotel Bairro Alto Hotel, em especial ao Seth Reimer por nos ter recebido tão bem, e por nos ter dado um tratamento tão especial durante esta maravilhosa experiência. Sem dúvida alguma que iremos voltar.

Para quem ainda não conhece o hotel, podem ver aqui como foi a nossa experiência de alojamento. Para mais informações sobre o restaurante cliquem aqui.

Espero que tenham gostado e aguardo as vossas opiniões sobre todos os pratos que apresentamos em conjunto com o Restaurante Flores do Bairro!

Um beijinho enorme para todas as fabulosas!

Com amor,

Kllau

Deixe um comentário